“Tenho miopia e comecei a usar óculos com 12 anos de idade (-0,5 dioptrias em cada olho), e por volta dos 16 anos (-3,75 em cada olho) mudei para lentes de contato. Atualmente tenho 21 anos e -5,25 dioptrias em cada olho. No entanto, recentemente deparei-me com um grande problema: as minhas lentes de contato foram descontinuadas e apesar de ter ido à consulta e o oftalmologista me ter dado várias marcas de lentes para experimentar não me adaptei a nenhuma.Daí que penso em voltar a usar óculos. O problema é que na minha última consulta (à cerca de duas semanas) não pedi a receita para os óculos, não sabendo agora quais os parâmetros a indicar numa ótica. Tenho uma receita de 2010, quando ainda só tinha -4,5 dioptrias em lentes de contato, e na époce foi prescrita receita para óculos com os seguintes parâmetros:
Olho direito:
Esferico (dioptrias): -4,75
Cilindro (dioptrias) -0,25
Eixo: 180º

Olho esquerdo:
Esferico (dioptrias): -4,75
Cilindro (dioptrias) -0,25
Eixo: 10º

A minha questão é: tendo eu atualmente -5,25 dioptrias receitadas para lentes de contato, os parâmetros para óculos serão os mesmos que os anteriores, apenas alterando o valor “esférico” para -5,5 dioptrias?”

A diferença de -0.75 dioptrias entre a prescrição para LC anterior (2012) e a nova (2012) não autoriza aplicar a mesma diferença em relação à receita para óculos anterior (2010). A prescrição de óculos antiga faz referencia a componente cilíndrico que não sabemos se foi alterado nesta nova avaliação oftalmológica.
A cópia da receita (fax,email,sms) é sempre possível, sem necessidade de nova avaliação, uma vez que o exame foi realizado há 1 mês apenas e você não refere nenhum fator de possível flutuação da refração, como o diabetes mellitus p.ex.

Por outro lado, se você foi a uma consulta de rotina e não levou nenhuma queixa (dor de cabeça, dificuldade visual) provavelmente a diferença refracional não é fonte de sintoma e o astigmatismo não deve ser importante.

De qualquer forma sugiro que obtenha copia da receita para sua própria segurança em relação ao custo das novas lentes dos óculos. Além disso verifique o nome das lentes de contato que estavam em uso (e você diz que foram descontinuadas) e avalie com seu oftalmologista a possibilidade de tentar encontrar lentes de outro fabricante similares às que você usava. Fatores a considerar: polímero das lentes (tipo de material), diâmetro e curva base das lentes, além do grau de hidratação e DK (quanto maior este coeficiente, mais elevada é a permeabilidade da lente ao oxigênio e maior a qualidade da adaptação).

Anúncios